Vejo a beleza do Rio de Janeiro em dezembro,
Vejo como vivesse em antigas fotografias;
Sinto como as tivesse tirado
E tenho saudade

Saudade de uma vida que não vivi.
Saudade de lembranças que não são minhas...
De coisas que nunca fiz.

Como nostalgia alugada.

Comentários
* O e-mail não será publicado no site.